.

Sobre a dor


Ás vezes simplesmente precisamos assumir que dói intensamente e não há nada, naquele instante, que possa mudar. Permitir que as lágrimas realizem seu trabalho de limpeza, respirar fundo e sentir. Até que o alento da vida sopre em nossa alma e se torne possível perceber que o Mestre está nos carregando no colo.

Um comentário:

Helena disse...

Essa dor que sentimos e é tão forte e que tem momentos onde parece que ela vai nos sufocar, de repente sai de fininho e volta aquela serenidade que nos dá forças para prosseguir, para continuar a luta enfim para cumprirmos a nossa missão e um dia se Deus nos abençoar encontrá-lo novamente. Amo você filha.